sábado, 23 de setembro de 2017

15 Receitas diferentes para leite vegetal

Confira abaixo 15 receitas de diferentes leites vegetais e aprenda a fazer em casa:

SOJA


1. Leite de soja:
dentre os leites vegetais, o leite de soja é o mais mais conhecido. Para fazê-lo basta deixar a soja de molho durante 12 horas, bater no liquidificador com 3 xícaras de água para cada xícara de soja, coar e cozinhar o líquido até a espuma

sumir. Com o resíduo do leite, chamado okara, é possível fazer bolos, bolachas e até mesmo adicionar ao suco verde.

----------------------------------------------------------------------------------------------
AMENDOIM

2. Leite de amendoim:
o leite de amendoim tem sabor similar ao leite de amêndoas, com a vantagem de ser mais econômico. Existem diversas formas de obter esse leite, a depender do gosto de quem irá prepará-lo. Ele pode ser apenas deixado de molho, batido e coado, ou como apresentado na receita, o leite pode ser cozido. Outra opção também é torrar o amendoim antes de deixá-lo de molho. O resíduo do leite é ideal para o preparo de quitutes doces como bolos, bolachas e cookies.
----------------------------------------------------------------------------------------------
AMÊNDOAS

3. Leite de amêndoas:
além de ser consumido puro, o leite de amêndoas é ideal para ser utilizado em receitas, já que seu sabor é um dos mais neutros dentre os leites vegetais. Para fazê-lo basta deixar as amêndoas de molho por pelo menos 12 horas, bater no liquidificador utilizando 4 xícaras de água para cada xícara de amêndoas. Se desejar, adicione essência de baunilha.

----------------------------------------------------------------------------------------------
GERGELIM

4. Leite de gergelim:
o gergelim é um ótimo alimento para diminuir o colesterol ruim e, além disso, o seu leite apresenta mais cálcio que o leite de vaca. Para preparar o leite de gergelim você pode utilizar o gergelim preto ou bege. Deixe-o de molho de 8 à 12 horas, bata no liquidificador com 3 ou 4 xícaras de água e coe. Com o resíduo do leite é possível fazer uma ricota de gergelim.
----------------------------------------------------------------------------------------------
LINHAÇA

5. Leite de linhaça:
a linhaça tem a função adstringente, ou seja, é uma ótima aliada na perda de gordura. O uso dessa semente também está associado ao tratamento de problemas na pele como ressecamento, psoríase, acnes e alergias.

Para fazer o leite de linhaça deixe as sementes hidratando em água durante 8 horas. Depois, bata bem no liquidificador a linhaça com água, utilizando 1 copo de água para cada 2 colheres de linhaça. Finalize coando. A dica da autora da receita é também substituir a água por água de coco ou ainda por um chá de sua preferência ao fazer o leite de linhaça.
----------------------------------------------------------------------------------------------
SEMENTES DE ABÓBORA

6. Leite de semente de abóbora:
as sementes de abóboras muitas vezes são descartadas para apenas a polpa da abóbora ser consumida. É possível fazer um leite vegetal super nutritivo com essa semente que geralmente vai para o lixo. Para fazer esse leite basta deixar as sementes de molho por 12 horas. Para cada xícara de sementes use 4 xícaras de água, bata no liquidificador e coe.
----------------------------------------------------------------------------------------------
AVEIA

7. Leite de aveia:
a maior vantagem desse leite é o tempo de preparo. Diferente dos demais leites vegetais, a aveia não precisa ser deixada de molho, o leite não é cozido e o preparo é finalizado em poucos minutos. Para cada 2 xícaras de aveia em pó ou em flocos utilize 4 xícaras de água. Bata no liquidificador e coe. O leite dura aproximadamente 3 dias na geladeira
----------------------------------------------------------------------------------------------
ARROZ

8. Leite de arroz:
o leite de arroz é um dos leites vegetais com textura mais fina. Não é preciso deixar o arroz de molho, mas é preciso cozinhar. Para o preparo utilize 1 litro de água para cada xícara de arroz, que pode ser branco ou integral. Cozinhe por 15 minutos, bata no liquidificador e coe. O resíduo pode ser utilizado em pratos salgados como sopas, caldos e tortas.
----------------------------------------------------------------------------------------------
CASTANHAS DO BRASIL

9. Leite de castanhas do Brasil:
o leite de castanhas do Pará é um ótimo substituto para o leite de vaca em pratos salgados. Pode ser usado no molho branco e pode substituir o creme de leite. Para fazê-lo utilize 500 ml de água para cada 8 castanhas, bata as castanhas no liquidificador, adicione a água e coe.
----------------------------------------------------------------------------------------------
CASTANHA DE CAJU

10. Leite de castanha de caju:
para fazer esse leite utilize 1 litro de água para cada 100 g de castanha de caju. Deixe de molho por ao menos 8 horas, bata no liquidificador as castanhas com 300 ml de água durante 1 minuto, adicione as demais 700 ml de água e bata bem. Coe em um pano bem fino para que não passe nenhum resíduo. Se desejar adicione essência de baunilha.
----------------------------------------------------------------------------------------------
NOZES

11. Leite de nozes:
as propriedades medicinais das nozes são muitas. Entre elas estão a redução do risco de diabetes e o aumento nos níveis de serotonina, responsáveis pelo bom humor. Para fazer o leite de nozes basta bater 2 copos de água para cada copo de nozes e coar até obter a textura desejada.
----------------------------------------------------------------------------------------------
SEMENTES DE GIRASSOL

12. Leite de girassol e inhame:
esse leite é muito energético e ótima fonte de vitamina E. Para prepará-lo deixe as sementes de girassol de molho durante 12 horas. Depois, bata as sementes de girassol com água e um inhame pequeno descascado e picado. O leite pode ser guardado por apenas um dia, na geladeira.
----------------------------------------------------------------------------------------------
QUINOA

13. Leite de quinoa:
o leite de quinoa é rápido e fácil de ser preparado. Utilize 2 xícaras de água para 4 colheres de quinoa. Coloque tudo dentro do liquidificador e deixe de molho durante 15 minutos. Depois bata durante 1 minuto e está pronto. Não é necessário coar
----------------------------------------------------------------------------------------------
ALPISTE COM HORTELÃ

14 - Leite de alpiste germinado com água de coco e hortelã. Mente ativa com a semente de alpiste.

Receita

INGREDIENTES

1 maço de hortelã;
1 Litro de água de coco
4 palmos da mão de sementes de alpiste germinado 

Germinação alpiste:
Colocar as sementes de molho em água filtrada ou nascente por oito horas. Lavar cinco vezes.

MODO DE PREPARO

Lave, higienize as folhas de hortelã. Coloque todos os ingredientes no copo de liquidificador e bata bem. Passe, coe num pano de voal ou pano de prato limpo. Depois de coado, sirva. Ative suas energias!
----------------------------------------------------------------------------------------------
ALPISTE

15 - leite de Alpiste


O leite de alpiste é extremamente poderoso. Por possuir uma quantidade imensa de enzimas e mais proteína que 3 quilogramas de carne vermelha, ele é usado para tratar casos de diabete. Ele age curando os rins, fígado e o pâncreas, levando à cura em pouquíssimas semanas. O alpiste pode ajudar também no tratamento do colesterol, auxiliando o emagrecimento e o ganho de massa muscular. Hipertensos também podem usar o chá dessa semente como uma forma de tratamento. Em poucas semanas começam a surgir os efeitos. Trata a cirrose, controlando os hepatócitos do fígado, desinflamando-o. Age eliminando o excesso de líquidos no nosso corpo, recarregando os rins com enzimas importantes ao seu correto funcionamento. Por conter lipase, ele elimina com rapidez a gordura do organismo, tanto das veias e artérias, como também dos depósitos (culotes, barriga, braços, etc.) Em algumas partes do mundo, ele é usado para tratar pedras nos rins e infecções urinárias. 

Outros benefícios: age contra gastrite, úlcera, hiperuricemia, edemas, gota, entre outros problemas de saúde.

Como consumir


Além do leite e do chá, você também pode adicioná-lo em receitas como massas de pães, tortas, etc. Por possuir fibras, auxilia bastante o tratamento de problemas da flora intestinal. Quanto ao leite de alpiste, existe uma dica que não pode ser deixada de lado: nunca adicione açúcar, pois ela anula seu princípio ativo.

Como fazer o leite em casa

Durante a noite, coloque cinco colheres (sopa) de alpiste e deixe de molho em um pouco de água.Pela manhã, jogue fora a água e coloque o alpiste que ficou de molho dentro de um liquidificador. Adicione água pura e bata por alguns segundos. Você obterá um leite espumoso, que deve ser tomado da seguinte maneira: um copo grande pela manhã (de jejum) e outro poucos instantes antes de dormir.


O leite de alpiste, que possui muitas propriedades curativas. Efeito curativo em seu fígado em três meses:

  • 1º mês = 3 copos (1 em jejum, 2 horas depois do almoço e antes de dormir)
  • 2º mês = 2 (1 em jejum e 1 antes de dormir)
  • 3º mês = 1 copo (apenas antes de dormir)

Para manutenção, ele faz 2 vezes ou 3 vezes no mês (1 litro e meio cada) e ingere igual ao 2º mês.

Preparo:
coloca 3 colheres de sopa em 600 ml de água e deixa de molho de um dia para o outro.
Depois lava e escorre a água, coloca meio litro de nova água, bate 3 minutos no liquidificador e coa (peneira bem fina) para tirar toda casca.

Deixa na geladeira para consumir ao longo do dia.

O sabor fica entre o de leite desnatado e o de leite de soja.
Este leite acaba com as alergias,diabetes e colesterol alto.
Juntamente com a retirada de leite de vaca,farinha de trigo e açúcar de cana.O corpo desinflama por completo.
Alpiste é uma semente que se dá para pássaros comerem.
É vendido também em casas de produtos naturais...O leite é branco e saboroso,com morangos e outras frutas....é divino.O custo muito barato.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...